Harley afasta-se dos “durões” para atrair “ecológicos”

A Harley Davidson está em crise: as vendas não param de cair. A marca, que se celebrizou por estar associada a motards ‘decorados’ com caveiras e a mulheres com pouca roupa, vai aderir ao eléctrico. Para os lados da Harley-Dadvidson, a coisa está preta. As vendas continuam a baixar, no que são acompanhadas por quebras no faturamento, lucros e, por consequência, valor das ações. Só em 2017, o número de unidades comercializadas pela marca americana caiu 6,7% em termos globais, comparado com o ano anterior, com o tombo no mercado…

Leia mais.