Corrida por mão de obra faz Apple e outras gigantes oferecerem curso universitário

Em meio a preocupações crescentes com a falta de mão de obra preparada para os trabalhos do futuro, gigantes da tecnologia como a Apple tentam formar suas próprias gerações de jovens com habilidades digitais. No ano passado, a empresa abriu uma escola em Nápoles, na Itália, onde estudantes passam um ano aprendendo a ser desenvolvedores, codificadores, criadores de apps e empreendedores de startups. As vagas para o próximo ano letivo da Developer Academy – abertas até esta quarta-feira, pelo site https://www.developeracademy.unina.it/en/call-for-applications/ – são ofertadas a alunos do mundo inteiro, por…

Leia mais.

O poder do networking: seu próximo trabalho pode estar na mesa do café

Tanto já foi escrito sobre o poder do networking que fiquei pensando sobre como poderia começar a falar do assunto de forma um pouco menos teórica e mais relacionada ao lado prático da coisa. Vamos pensar juntos então? Não sei quanto tempo você tem de carreira, mas nos últimos 5 ou 10 anos, quantos trabalhos chegaram até suas mãos através da indicação de amigos? No meu caso foram muitos! Desde indicações para freelas rápidos até grandes empresas que se tornaram clientes fixos de uma agência que eu tinha. Agradeço todos…

Leia mais.

5 Leis de Crescimento Profissional

Todo ser humano busca crescimento e mais ele necessita deste. O filósofo Mario Sergio Cortella em um de seus livros diz em um de seus livros que “ não nascemos prontos” e de forma singular relata a nossa caminhada para uma formação, criação e renovação pessoal. Em um mundo de constante mudança, de evolução e regressão, numa busca desenfreada de ser o melhor, o maior, o primeiro, em um mercado cada vez mais competitivo, com volume de informações diárias gigantescas, de clientes mais esclarecidos; o fator crescimento individual tem seu…

Leia mais.

LinkedIn traça o perfil dos profissionais do mundo

O LinkedIn, a maior rede profissional do mundo, revelou hoje uma pesquisa sobre como as pessoas estão remodelando a sua marca profissional, seja online ou no ambiente de trabalho. O estudo New Norms @ Work foi feito com 15 mil usuários de 19 países e traz várias curiosidades – e algumas contradições – sobre o comportamento dos brasileiros.  O Brasil está, por exemplo, entre os três primeiros países (40,9%) que mais adicionam colegas de trabalho em redes sociais não-profissionais, mas é onde as pessoas mais se importam (28,8%) com o que…

Leia mais.